Cultura é nacional e lisboeta, o resto é paisagem

Em 2010, a esmagadora maioria dos acontecimentos culturais noticiados na primeira página são nacionais – cerca de 68%, seguindo-se acontecimentos que ocorreram no espaço da União Europeia (12%), dos Estados Unidos (6%) e dos países lusófonos (2%).

Entre os títulos analisados, o Público é o jornal que dispensa mais atenção aos acontecimentos culturais europeus (são 19% do total), e o Correio da Manhã é o periódico onde a cultura nacional tem mais peso (representa 98% do total).

O noticiário cultural revela uma grande macrocefalia, já que 39% das referências na primeira página dizem respeito a acontecimentos e situações ocorridas em Lisboa. O Porto foi a segunda cidade mais representada (10%), seguindo-se, quase residualmente, Coimbra e Vila Real.
A Cultura  é nacional e lisboeta
As notícias culturais envolvem maioritariamente acontecimentos nacionais e protagonistas portugueses – este cruzamento representa 62,9% do total. Seguem-se as notícias relativas a protagonistas portugueses, mas que decorrem no espaço europeu (21,8%), no espaço norte-americano (12,5%) e nos países lusófonos (5%).

 

Saramago Publico 20 Junho 2
ralph lauren outlet usa,ralph lauren sale uk,cheap louboutins,louis vuitton outlet ,ralph lauren pas cher femme

8 Comments

  1. Pingback: Payday loans

  2. Pingback: golf psychology

  3. Pingback: bail company in atlanta georgia

  4. Pingback: Event Management Company in Hyderabad

  5. Pingback: overnight xanax

  6. Pingback: www.mukbucks.com

  7. Pingback: Bdsm

  8. Pingback: friv