DN Mais /DN Música

 

Diário de Notícias – DNMAIS

 

O DN Mais foi um suplemento de música e de cinema do Diário de Notícias, publicado 1996 e Março de 2004. É um caderno independente, impresso em folhas amarelas que se destacam do corpo do jornal e de outros suplementos. Tem entre 8 a 12 paginas por edição. Em 2004, o DN Música substitui o DNMais e publica-se em conjunto com outro suplemento, o DNA. O editor era Nuno Galopim, e aumenta o número de  páginas.
Dedicado a temas  sobre música, incluindo variados estilos: música portuguesa,  pop, rock, jazz,clássica, bem como opinião, crítica de discos e de concertos.

 

DN MAIS Passa a DNMÚSICA  e sai em conjunto com o DNA
Com o fim do DNMAIS (2004) o Diário de Notícias cria um único suplemento de cultura que junta o já existente DNA com o novo DNMÚSICA, num jogo de capa e contrapaca, em que o DNMÚSICA é a contracapa do DNA.
Com 26 páginas a cores, é exclusivamente dedicado a temas de música, organizado nas secções : portuguesa, Pop, Rock, Jazz, clássica, opinião, crítica de discos e de concertos.
Mantém praticamente a mesma equipa de jornalistas e colaboradores do DNMAIS.
No suplemento DN Música desaparece a crítica de cinema, que agora é tratado no DNA.
É a maior perda nesta passagem de um para o outro suplemento.
Numa evidente colagem ao léxico da rádio e dos concertos de música, o Sumário designa-se “Alinhamento”.
Apresenta um tema de capa, que depois é desenvolvido no interior, com entrevista de fundo (muitas vezes o destaque da capa é sobre um músico, cantor, intérprete, líder de banda, etc,).
Não há secções fixas, todo o suplemento se organiza em torno dos acontecimentos musicais: lançamentos de discos, reedições, concertos, etc.
Como já acontecia no DNMAIS, os géneros mais frequentes são a crítica, o comentário, a reportagem e a entrevista.

 

DN MUSICA CAPADDN Mais

 

 

Comments are closed.