Público – Milfolhas

Público – Milfolhas

O suplemento Milfolhas surge no final do ano 2000 em substituição dos dois suplementos Sons e Leituras e mantém-se até Fevereiro de 2007.  Saía ao Sábado até 2006 e depois  à 6ª feira com o Y.

Como o nome sugere – Milfolhas – a literatura é o tema forte deste suplemento, a par das artes, teatro e música clássica. É o suplemento dos grandes dossiers temáticos dedicados a temas ou a figuras, como aconteceu com o número especial dedicado a Sophia por altura da sua morte, do especial Cesariny ou do número de homenagem ao editor Manuel Hermínio Monteiro.
É neste suplemento que escrevem os cronistas convidados, figuras reconhecidas da cena cultural (escritores, professores universitários, encenadores, arquitectos, críticos de arte, sociólogos, filósofos, etc.)

Por seu lado, o outro suplemento de cultura do Público, o Y, é dedicado sobretudo à música pop e ao cinema e tem uma agenda mais dependente da actualidade. O Milfolhas tem uma editoria e uma redacção próprias, um grande número de colaboradores externos e cronistas fixos que semanalmente assinam uma coluna. Os géneros jornalísticos dominantes são a crítica, a entrevista, o ensaio, a crónica e a coluna de opinião.

Entre 2000 e 2007, tal como aconteceu com todos os suplemento culturais, o Milfolhas vai reduzindo o seu número de páginas, até chegar às 24 das últimas edições, e a par disso vai também reduzindo o número de colaboradores externos e o espaço para a opinião.

Público Mil folhas

7 Comments

  1. Pingback: buy 1000 facebook likes

  2. Pingback: zd porn

  3. Pingback: click for source

  4. Pingback: DMPK Services

  5. Pingback: Taruhan Olahraga

  6. Pingback: wiet hash kopen Nederland

  7. Pingback: QuantaFlo System